terça-feira, 19 de outubro de 2010

Nº17 - Depressão.

19 de outubro de 2010.


                Hoje, entre brigas, desencontros e confusões, senti que todos os meus amigos tinha  se afastado de mim,  e assim acordei para a vida e  percebi  que  realmente  o que um dia achei que era  apenas frases formuladas por pessoas estupidamente  exageradas, não passavam da mais pura verdade, estou  mesmo numa selva de pedra onde somente  os mais fortes  sobrevivem,
                 Não adianta, aonde eu vou  sempre carrego  comigo  um  forte sentimento  de culpa por tudo isso que hoje acontece   em  minha vida, minha namorada,minha família,  meus amigos,  minha vida, será que  realmente  tomei  a decisão certa? Será que  agi  demais no impulso?  Será que  isso  vai melhorar? São  todas essa  perguntas  que  me impendem de desejar, de querer, de decidir, de prosseguir, de avançar.
                   Não  importa  aonde esteja, e nem  como esteja  sempre tem ago  que vai me fazer  levantar, sempre vai  haver  algo  que   vai me segurar   antes mesmo  de vim ao chão, sempre vai haver alguém  falando  baixinho “não desista” sempre e sempre, vou ter anjos da guarda que vão me ajudar  a  reconstruir, a me  reerguer.
                Aproveitar aqui  e agradecer as esse anjos que sempre   rezam por mim , me dão  um  forte abraço  mesmo  que  distante,  que nunca desistem  de mim, e   que não  importa  o peso  do  fardo  sempre  me ajudam a carregar. A saudade  hoje  me faz chorar, ela  me  destrói  por dentro,  falta  do carinho  de pessoas especiais deixa qualquer  situação  mais difícil,  meu coração  não me deixa  mentir, ta difícil resistir, ta dificío, mais  tenho que sobreviver a isso,afinal sou Adalberto Meira,o Dal,o Beto, o Tinho, varias formas de uma mesma pessoa, esse foi  mais  um dia de muitos dias sem ELA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário