terça-feira, 19 de junho de 2012

N° 71 - O tal "Amor"

Acordei cede, tomei banho, me arrumei e vim trabalhar, um dia normal como qualquer outro se não fosse por uma ligação inesperada, ELA ligou pra mim. Mais não foi qualquer ligação essa foi de doer, falamos sobre como ela andava, oque estava fazendo, me perguntou por que eu estava com a voz de que estava gripado, nossa! Ela me conhece mesmo.
Juro que já tentei tirar de mim esse sentimento que só atrapalha, que me faz chorar, me faz sentir mal, que mi tira o sono, mais não da, e algo tão forte que vou levar comigo ate minha partida, mais esse sentimento também  tem seus lados bons, e ela que me  faz sorrir, e ele que me da força pra continuar, que me consola, que me acolhe,  que traz a paz que  eu mereço nos momentos mais aflitos ele me faz bem.
Ao conversar comigo, Ela se mostra forte, penso eu que ela faz isso só pra me passar segurança, falamos muito, demos risadas, mais de uma ora pra outra  ouvir um silêncio do outro lado da linha e quando rapidamente chamei a atenção dela ouso um suspiro acompanhado de uma soluços,  me desfiz  nesse momento, chorando ao telefone ela  diz que me ama e que esta morrendo de saudade de mim, que nunca sentiu nada parecido  e que e uma dor que ela não aguenta mais. Respondam  vocês  leitores imagens como eu estou agora, imaginem  oque foi pra mim ouvir a pessoa  que eu mais admiro na terra chorar por mim, se isso não e AMOR amigos  eu não acredito  em  mais nada que pode ser.
Sinto falta dos gritos, dos conselhos, dos abraços, dos beijos, do colo, do cheiro, dos dias que só conseguia dormir na cama dela por que lá e sempre o melhor lugar de dormir (rsrs) sinto saudade das risadas, ate mesmo do café e do pão com ovo mexido que não tem igual, sinto saudade de tudo sinto saudade DELA, sinto saudade de você Mamãe.
Vivendo cada dia  com se fosse maus  um  numa jornada de destinos incerto, com apenas uma certeza,  tudo vai dar certo  por que Ela sempre vai estar comigo,  nessa minha vida  magica,  nessa  minha vida linda, nessa minha VIDA VIVIDA.