quarta-feira, 6 de outubro de 2010

N°11 - Decepção.

06 de outubro de 2010.


            Ta ai! Sabe quando você acorda  com uma vontade imensa  de que tudo  de certo? Levanta rápido  e não ver a hora  de ir logo  arrumar sua vida? Pois e, hoje foi assim. Mais não foi como eu esperava, não como eu queria, veja-mos por que.
             As 08hs da manha eu  já estava pronto  e arrumado  pra sair  era um dia onde  todas as minhas perspectivas iriam se concretizar ou  não.  Na tão esperada reunião recebi  um  NÃO, mas  não foi um  “não” qualquer,  esse “não” feriu  profundamente  meus sonhos  e me  mostrou  que  realmente  vivo  num  mundo  onde, quem  tem "QI" (que indica), são os que passam  pras próximas fases da vida  sem  si quer  o mínimo de  esforço, pois bem  esse  "não"  também me  ensinou  duas coisas, a primeira que vou ter que  subir pelo caminho  mais ardo, o caminho  com pedras, perigos, o mais  longe e o mais demorado, e em  segundo  que  essa não e a primeira vez que isso  acontece, que minha força de vontade  vai alem  de muita coisa  e de muitos obstáculos da vida, que  esse  tal  “não”, tão temido  por muitos  pra mim  so passou  a ser  mais  uma palavra  sem peso do meu  vocabulário. O mundo  hoje deu uma volta tão rápida  que   me abalou muito e  que me deixou  perturbado  a ponto de cair, mais tenho  sempre em quem  me apoiar, tenho  amigos,  amigos de verdade, pessoas  nas  quais  mato e morro, amigos  que  não aparecem apenas  pra te abraçar e dizer  boa sorte, esses sim  brigam, batem  e xingam quando preciso, e hoje  um deles  fez isso  por  mim, obrigado  "Anjo Vermelho", e assim que o chamo  nas  horas difíceis,  uma espécie  de “Chapolim Colorado”, sempre estar por perto  quando se precisa, é assim  agente  aprende que não importa a gravidade do  tombo  sempre vou ter  um Anjo da guarda  pra  me ajudar a levantar.
            Hoje ao novamente teclar com ELA me transportei pra perto DELA, por que so isso   ia me fazer relaxar e me sentir  em paz, as vezes as dificuldades nos mostra  que os fortes  passam por isso, para  aprenderem a não desistir, já  os fracos  passam por isso pra  saber   que  não estão prontos para tamanha  pressão, que bom que sou  forte , e   enriqueço com  essas situações, então pra  terminar  esse dia  de tantas descobertas, decepções  e aprendizagem, te convido a refletir comigo  a musica que agora nesse momento  não sai da minha cabeça, que  diz assim:

Metade
”Que a força do medo que tenho
não me impeça de ver o que anseio
que a morte de tudo em que acredito
não me tape os ouvidos e a boca
porque metade de mim é o que eu grito
mas a outra metade é silêncio.
Que a música que ouço ao longe
seja linda ainda que tristeza
que a mulher que amo seja pra sempre amada
mesmo que distante
porque metade de mim é partida
mas a outra metade é saudade.
Que as palavras que eu falo
não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
apenas respeitadas como a única coisa
que resta a um homem inundado de sentimentos
porque metade de mim é o que ouço
mas a outra metade é o que calo.
Que essa minha vontade de ir embora
se transforme na calma e na paz que eu mereço
e que essa tensão que me corrói por dentro
seja um dia recompensada
porque metade de mim é o que penso
mas a outra metade é um vulcão.
Que o medo da solidão se afaste
e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável
que o espelho reflita em meu rosto num doce sorriso
que eu me lembro ter dado na infância
porque metade de mim é a lembrança do que fui
a outra metade não sei.
Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
pra me fazer aquietar o espírito
e que o teu silêncio me fale cada vez mais
porque metade de mim é abrigo
mas a outra metade é cansaço.
Que a arte nos aponte uma resposta
mesmo que ela não saiba
e que ninguém a tente complicar
porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
porque metade de mim é platéia
e a outra metade é canção.
E que a minha loucura seja perdoada
porque metade de mim é amor
e a outra metade também.”
 (Oswaldo Montenegro)

E assim terminos  mais  um dia normal, inquieto, triste e muito aprendizado  de muitos dias  sem ELA.

Um comentário:

  1. Anjo vermelho .... rs'
    Não só pra ti Dal ... és pra mim tbm !

    E esses dias tristes estão por acabae, grave oq to te dizwndo !
    Te amo amigo. Beijos

    ResponderExcluir