quinta-feira, 9 de junho de 2011

Nº52 - Pessoas....

09 de Julho de 2011

No vai e vem cotidiano agente conhece tanta gente não e mesmo? Pois é, conheci melhor alguém nesses últimos dias, alguém na qual a relação não passava de um bom dia ou um como vai e isso só acontecia de vez em nunca num encontro oportuno que a vida fazia questão de não deixar escapar, uma pessoa que de um tempo pra Ca me encanta, isso e feito a distancia, apenas através de observações, o seu olhar, seu sorriso, expressões marcantes que de alguma forma me motivavam sentir um desejo, desejo bom, afinal o inesperado e realmente muito gostoso de sentir.
Não sei de fato o que me faz aproximar de dertermidas pessoas, acho que de alguma forma a minha carência por contato muitas vezes incontrolável se encarrega disso, nos últimos dias descobri que to vivo, passei a apreciar a vida de outra forma e utilizar essa minha carência para o meu próprio bem, decidi mudar, ser feliz como há muito tempo não era, deixar de me preocupar com coisas pequenas e focar-me nas coisas grandes, naquelas que de alguma forma podem e vão influenciar no meu futuro. Eu decidi VIVER.
 Descobri que “não e a vida que te impressiona, e sim as pessoas...” E isso vem tornando-se verdade cada dia.  Não me impressiono mais com as barreiras impostas pela vida, pelo contrario quero mesmo e que elas existam, pois, a cada novo  barreira superada eu cresço e amadureço, sem contar que essas  mesmas  pessoas  que me impressionam são as mesmas que fazem rir, chorar, me preocupar, suar, ter  medo  da minha VIDA  mais VIVIDA de todas.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Nº51 - Pessoas...

08 de Junho de 2011

            Hoje vou falar de uma menina, ou seria de uma mulher?  Pra falar a verdade Ela se encaixa nas duas opções e não é muito difícil dizer como isso e possível.
            Com um coração gigante e um carinho fora do comum, ela cativa todos a sua volta, trazendo a simplicidade de uma menina que ainda aflora para vida, uma menina  que  entrou de cabeça num mundo onde a palavra desafio foi  encarada desde pequena,  com coragem de gente grande, foi assim que  ela foi apresentada e assim ela é conhecida, por mais que as birras  muitas vezes são levadas ao extremo,nada que um bom tempo  de reflexão não de jeito, em meio a isso não foi preciso muito  tempo pra perceber que essa garota com cara de menina  era na verdade gente grande, fruta madura  pronta para o mundo, afinal esse mesmo  mundo  lhe proporcionou  momentos e  acontecimentos  que  lhe fizeram crescer. Esperar pra que? Se ela já é gente grande o suficiente pra abraçar o mundo, com atitude de mulher assume suas responsabilidades como ninguém, “missão dada é missão cumprida” é assim que muitas vezes a vi interpretar a vida, e assim  que  na maioria das vezes  se não em todas  ela  se sobressai   em destaque entre  todos, uma  menina com  coragem de mulher, uma mulher com  coração de menina, uma guerreira  da vida daquelas  que  sabe mais do que ninguém  com  realmente se vive  uma bela  e perfumada  VIDA VIVIDA.