sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Nº40 - Inesperado

18 de Fevereiro de 2009

     Poxa! Quando mais agente acha que  já viu de tudo, sempre aparece algo  novo pra nos surpreender, hoje foi assim, vivi uma cena que  realmente  me mostrou que quando  achamos que  sabemos de tudo e que conhecemos  realmente as pessoas, na verdade não sabemos nada.
     As coisas se sucederem mais ou menos assim. Cheguei ao colégio por sinal atrasado, me aprecei pra subir  e perguntar  para ELA oque achou do  Post passado, fui recebido com um sorriso  lindo acompanhado  de uma pergunta: - porque  você escreveu aquilo? Tentando me explicar de alguma forma que ficasse claro as minha intenções comecei a falar, em meio a isso  num momento de  distração minha fui  mais uma vez surpreendido, só que  desta vez  com  um  beijo, nossa! E que beijo, poxa tenho que dizer pra vocês amigos leitores, que essa era a única coisa na qual nunca me passava na cabeça, não naquele momento. Entrei na onda correspondendo o beijo a altura, após tudo isso me perguntei ou tinha acontecido, naquele momento não entedia  mais nada. Foi então que como diz uma frase ai “em time que ta bom  não se mexe”,  toquei o bonde, só que desta vez  de uma forma diferente passei a observa-la com muito  mais detalhes, cada gesto, cada movimento, tentando de algum  forma responder  as todas as perguntas  que  surgiram depois de todos  os ocorridos, perguntas essas que vão ser  respondidas ao decorrer de uma historia que nem eu mesmo sei aonde poder chegar, tudo vai depender de como eu levar, entender, e principalmente viver minha VIDA VIVIDA. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário