quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Nº 35 - Eu e Minha Própria Vida

03 de Fevereiro de 2011


Hoje parei pra pensar o quanto minha vida tem mudado nesses últimos meses, falo isso em todos os sentidos seja formação, na concepção das coisas, em termos de sentimentos, nas lutas, na dor, na saudade, em fim,  aprendi  a viver  sem  esperar  pelo amanha, e como time que ta ganhado não se meche vou continuar vivendo assim.

 Como e de meu costume tirar sempre algo bom de tudo que eu faço, não e nessa nova jornada de vida que vai ser diferente. Vou aproveitar ao Maximo todas as oportunidades a mim conferidas, e fazer de tudo para que a única coisa que escape entre meus dedos seja o fracasso, pois o resto vou segurar firme, fazendo valer ao máximo a força de vontade empregada em cada uma delas. Pra mim o que um dia era inatingível agora e questão de tempo para ser tornar possível, e essa linha de pensamento e de raciocínio que vou levar e tocar minha vida.
 Tenho pra mim como convicção que não importe o tempo que dure, nem  mesmo  o quanto seja ardo, o importante e que cheguei ate aqui, e não vai ser agora que vou dar pra traz, dificuldades? Essa ficaram pra traz, agora apenas o que consigo enxergar  no meu  caminho  são pequenas pedras, na quais o maximo que podem fazer  e atrazar um  pouco as coisa, mais  nada que um  bom planejamento  não de conta,  sem contar que faço questão de retirar  pedra por pedra do caminha afinal  com diz  um ditado  por ai  “Pedras? vou guardar  todas, um dia junto  tudo e construo um castelo”.
Sem me importar com barreiras, sem me entreter com bobeiras, levo a vida de amo e amo a vida que levo, essa vida cheia de surpresas, essa vida cheia de emoções, essa vida corrida e que sem duvida e minha “VIDA VIVIDA”.

Um comentário: