quinta-feira, 26 de maio de 2011

Nº50 - Passados...

26 de Maio de 2011

Hoje decidi rever fotos e ouvir musicas que há muito tempo não via nem ouvia, revivi um passado gostoso que nunca vai ficar apagado, pois esse mesmo passado que me faz muitas vezes nos momentos mais difíceis voltar a si e enxergar o caminho que continuo rumo a horizontes antes nunca desbravados, e esse passado que me ensina, me fortalece e que ajuda e entender todo o que hoje chamo de presente.
Lembrei de um tempo onde as viagens eram entre amigos, onde a militância era encarada como uma gostosa aventura, onde se formaram as grandes amizades da minha vida, onde “anjos e demônios” surgiram, onde a infância ficou pra traz levando um garoto bobo e infantil a se tornar um verdadeiro militante, um verdadeiro amigo, um verdadeiro filho, um verdadeiro irmão. A vida tem mesmo dessas coisas, tiramos proveitos das situações mais inusitadas, na minha não é diferente, me recordo sem muito esforço de momentos marcantes, um nascer de sol em salvador, um frio muito forte em São Paulo, uma cachoeira em Cordeiros, uma formatura acompanhada de um fim de ano marcado por um novo começo, são vários os momentos felizes que tiro lições importantes que mesmo que tentasse não caberia nunca aqui, estão separadas num lugar muito especial da minha recordação, lugar de onde tiro risos e lagrimas, suspiros e calafrios, saudades e alívios.
Tive uma conversa com alguém muito especial nesses últimos dias, alguém que esteve presente em muitos desses momentos tão especiais. Nossa! Parecia que ela tinha adivinhado o quanto eu precisava de alguém que me lembra-se de tantas coisas boas.  Não sei explicar parece que ela sente, ela prevê, ela sabe.
   Pra terminar essa curta retrospectiva dos meus melhores momentos, digo que nada é  por acaso, que nada é em vão e que tudo  existe um propósito, não me arrependo de nada, faria tudo de novo, e  se minha vida hoje e a melhor de todas e por que  ela sempre  foi  uma VIDA VIVIDA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário